EASY-WCS (Warehouse Control System)

easy-wcs-brint

Quando uma grande parte dos processos em um armazém ou centro de distribuição é automática, o EASY-WCS recebe um alto volume de solicitações. Todos as necessidades são processadas de forma inteligente, e intercaladas corretamente sem perda de tempo.

No entanto, é necessária certa flexibilidade para que pedidos urgentes possam ser encaixados e processados de forma rápida e confiável, independentemente dos diversos tipos de separação possíveis em um centro logístico.

O EASY-WCS é totalmente escalonável, tanto em relação a funcionamento quanto a desempenho. Ele usa a melhor estratégia para cada processo específico. Os dados de pedidos dos sistemas de nível superior são armazenados em bancos de dados e processados de acordo com estratégias otimizadas. Os operadores têm acesso em tempo real a todas as informações.

A operação e o controle do EASY-WCS são associados de forma precisa aos processos específicos do armazém vertical. Um processo de verificação simples ou o pressionamento de um botão é suficiente para disparar as etapas de processamento seguintes.

O EASY-WCS contém todos os módulos necessários para controlar ASRS – Transelevador para paletes, MINILOAD, tanto para armazenamento, retirada e reabastecimentos, bem como o sistema de controle de esteiras transportadoras e outros componentes mecânicos.

easy-wcs2-brint

O EASY-WCS também pode ser integrado a soluções de terceiros, como, por exemplo, softwares especiais para expedição TMS, ERP‘s, etc. O sistema também permite o rastreamento de lotes de acordo com o regulamento e novas exigências da ANVISA.

O EASY-WCS pode ser integrado ou fornecido com as seguintes funcionalidades:

  • EAP – Estação de separação de pedidos de alta performance;
  • PBL – Pick-by-light;
  • BTP – BRINT® Tablet-Picking;
  • PBM – Picking-By-Monitor;
  • PTL – Put-to-light;
  • Controle automático de entradas e saídas nas cabeceiras;
  • Não possui limite no número de posições de armazenamento;
  • Interface WEB de controle:
      – Solicitação de saída manual ou via WebService;
      – Integração com qualquer ERP/WMS de mercado;
      – Múltiplos depósitos lógicos em um mesmo equipamento;
      – Possibilidade de espelhamento entre equipamentos;
      – Algoritmo de Organização para melhor eficiência de saída;
      – Organização não obrigatória que pode ser iniciada ou parada a qualquer tempo;
      – Permite utilizar equipamento de profundidade simples ou dupla (sigle deep ou double deep);
      – Posição de estoque em tempo real com interação por Views ou WebService;
      – Controle de log de entradas e saídas;
      – Relatórios Estatísticos;
      – Correção de erros automática para posições com problemas de inventário;
      – Visualização gráfica de concentração de produtos nas posições físicas.